jusbrasil.com.br
23 de Julho de 2018
    Adicione tópicos

    TJMRS: Assinado Termo de Cooperação Técnica referente ao e-Proc*

    Na tarde de hoje (13 de abril), o presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, desembargador federal Carlos Eduardo Thompson Flores, recebeu os administradores da Justiça Militar Gaúcha, o juiz presidente, cel. Paulo Roberto Mendes Rodrigues, o juiz vice-presidente, cel. Antonio Carlos Maciel Rodrigues, e o juiz corregedor-geral, Amilcar Fagundes Freitas Macedo, para a assinatura do Termo de Cooperação Técnica para o uso do sistema e-Proc.

    Na oportunidade, o presidente do TJM/RS agradeceu o empenho do desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores no atendimento do pleito da Justiça Militar, o qual vai contribuir de forma significativa para a completa virtualização dos feitos e processos desta especializada. Da mesma forma agradeceu o trabalho da equipe da Justiça Federal responsável pelo desenvolvimento do e-Proc, comandada pelo juiz federal Sérgio Tejada Garcia, coordenador do projeto.

    O e-Proc é um sistema 100% funcional, ágil e desenvolvido com tecnologia de software livre e elogiado pelos seus usuários, os operadores do direito. Com o e-Proc é possível eliminar o uso do papel (com a consequente economia na gestão pública e sustentabilidade) e garantir a celeridade processual. O Sistema está disponível online, 24 horas por dia, podendo ser acessado de qualquer local com total segurança. O processo de implantação iniciará no mês corrente e deverá ser finalizado no Tribunal Militar e em todas as Auditorias Militares até dezembro de 2018.

    Também estiveram presentes na cerimônia, por parte do TRF4, a diretora-geral, Magda Lúcia Scheunemann Cidade, o diretor de Tecnologia da Informação, Clovis Azevedo de Saldanha Souza, e a diretora da Coordenadoria de Gestão do Conhecimento (Codirge), Patrícia Valentina Santanna Garcia.

    Por parte do TJM/RS, estiveram presentes o diretor-geral, cel. Dirnei Vieira de Vieira, o assistente militar, ten. cel. Sérgio Portela da Silva, o coordenador do TIC, Dilnei Venturini, o analista de sistemas, Heinrich Felix Marmitt, e o sgt. Paulo Cesar Oliveira de Lima.

    *Fonte: Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)