jusbrasil.com.br
10 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional Federal da 2ª Região TRF-2: XXXXX-44.2015.4.02.5101 XXXXX-44.2015.4.02.5101

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

3ª TURMA ESPECIALIZADA

Publicação

Julgamento

Relator

GUILHERME BOLLORINI PEREIRA

Documentos anexos

Inteiro TeorTRF-2__00085274420154025101_09e49.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

TRIBUTÁRIO. MANDADO DE SEGURANÇA. APELAÇÃO DA IMPETRANTE. EXCLUSÃO DE PROGRAMA DE PARCELAMENTO. REFIS. LEI 9.964/2000. TERMO INICIAL DO REINÍCIO DO PRAZO PRESCRICIONAL. PUBLICAÇÃO FORMAL DO ATO DE EXCLUSÃO. PRECEDENTES DO STJ.

1. A controvérsia apresentada se limita a saber quando é o termo inicial para a recontagem do prazo prescricional no parcelamento rescindido, se da data do inadimplemento, ou da publicação do ato de exclusão do contribuinte do programa de parcelamento.
2. No caso da Lei nº 9.964/2000, o restabelecimento do prazo prescricional será o mês subsequente àquele em que o contribuinte for cientificado sobre sua exclusão do programa (art. 5º, inciso II e §§ 1º e 2º). Portanto, o termo a quo do reinício da contagem do prazo prescricional ocorre após a publicação do ato de exclusão do contribuinte do programa de parcelamento.
3. Ao contrário do que alega a apelante, o ato de publicação não ofende, mas confere segurança jurídica ao contribuinte. Mesmo que seja um processo mais demorado, a publicação delimita o termo inicial e inibe o próprio Fisco de tomar medidas constritivas contra o contribuinte enquanto a rescisão do parcelamento está sendo analisada, motivo pelo qual este também não pode alegar qualquer prejuízo.
4. Apelação da impetrante a que se nega provimento.
Disponível em: https://trf-2.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/886616077/85274420154025101-0008527-4420154025101

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 8 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL: AgRg no REsp XXXXX SC 2012/XXXXX-4

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 13 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp XXXXX RS 2006/XXXXX-5

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 18 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp XXXXX RS 2002/XXXXX-0

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 18 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp XXXXX PR 2003/XXXXX-9

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 10 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp XXXXX SC 2009/XXXXX-9