jusbrasil.com.br
25 de Janeiro de 2022
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional Federal da 2ª Região TRF-2 - APELAÇÃO CIVEL : AC 201102010057577 RJ 2011.02.01.005757-7

Detalhes da Jurisprudência
Processo
AC 201102010057577 RJ 2011.02.01.005757-7
Órgão Julgador
PRIMEIRA TURMA ESPECIALIZADA
Publicação
E-DJF2R - Data::08/07/2011 - Página::85
Julgamento
28 de Junho de 2011
Relator
Juiz Federal Convocado ALUISIO GONCALVES DE CASTRO MENDES
Documentos anexos
Inteiro TeorAC_201102010057577_RJ_1312077759983.rtf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

EMBARGOS À EXECUÇÃO. JUROS DE MORA. PERCENTUAL APLICÁVEL. ISENÇÃO DO INSS NO TOCANTE AO PAGAMENTO DA TAXA JUDICIÁRIA E DOS EMOLUMENTOS. RECURSO DA AUTARQUIA PARCIALMENTE PROVIDO.

I - A jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça entende pela inexistência de contradição entre a expressão •juros legais–, utilizada na parte dispositiva do título executivo, e o percentual estabelecido no Decreto nº 2.322/87, no valor de 1% (um por cento) ao mês;
II - O INSS é isento das custas judiciais, sendo que o conceito de custas abrange os emolumentos e a taxa judiciária, conforme dispõe o art. 10º c/c art. 17, IX, ambos da Lei Estadual nº 3.350/99-RJ.
III - Apelação parcialmente provida para isentar o INSS do pagamento da taxa judiciária e dos emolumentos.

Acórdão

A Turma, por unanimidade, deu parcial provimento ao recurso, nos termos do voto do (a) Relator (a).
Disponível em: https://trf-2.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/20131781/apelacao-civel-ac-201102010057577-rj-20110201005757-7

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 18 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL : AgRg no REsp 601052 RS 2003/0190960-5